Compartilhar no Facebook

Compartilhar no Whatsapp




Livre-se dos bichinhos nos potes de comida

Os bichinhos que são encontrados nos armários da cozinha se alimentando de produtos como o arroz, feião, farinha, grãos, macarrão e outros, são conhecidos como carrunchos. Para evitar que esses bichinhos se apossem dos alimentos em sua dispensa e saiam perfurando as embalagens e estragando os alimentos, confira dicas para evitar que eles apareçam de forma simples e eficaz.

Sempre que novos alimentos forem colocados na dispensa, recomenda-se que os alimentos que já estavam guardados sejam retirados e a data de validade de cada um conferida. Não estoque alimentos por muito tempo, pois os alimentos que já estão vencidos se tornam alvos fáceis para a proliferação desses bichinhos.

Pacotes já abertos de mantimentos deverão ser armazenados em potes que sejam bem fechados. Caso pacotes de alimentos sejam encontrados com furos e você perceba a presença desses bichinhos nas embalagens, jogue-as fora imediatamente.  Além disso, é essencial evitar que os alimentos fiquem em armários totalmente fechados, guarde-os em locais mais abertos ou em armários com portas de treliça.

Para uma boa ventilação dos armários e claro, para evitar também a umidade, basta deixar as portas do móvel abertas por um tempo ao menos duas vezes por semana. Além disso, aproveite para realizar a limpeza adequada do armário e conferir se não existe nenhum pacote furado ou se há a presença desses bichinhos nos demais alimentos.

A limpeza frequente da dispensa é essencial para manter os bichinhos longe dos mantimentos. Para a limpeza adequada do local onde a comida está armazenada, utilize apenas uma flanela seca ou papel toalha. Jamais utilize um pano úmido, mas caso prefira utilizar seu produto de limpeza preferido, não esqueça de manter o móvel onde a comida é armazenada aberto para secar antes de colocar os produtos novamente dentro dele.

Em casos extremos, você poderá até dedetizar o ambiente e os armários. Existem produtos que são utilizados para esse objetivo, como o pirimiphos-methyl e fenitrothion. Recomenda-se também a procura por uma empresa especializada e claro, de sua confiança para realizar uma dedetização adequada do ambiente.

Uma outra dica útil é colocar um recipiente com um pouco de café dentro do armário ou gotas de óleo de eucalipto. Essa dica funciona como um verdadeiro inseticida natural e mantém os bichinhos longe dos alimentos.

Bichinhos de madeira

Existem ainda, espécies desse mesmo bichinho que se alimentam de madeira. Esse não é um tipo comum no Brasil, mas podem acabar surgindo com menos frequência do que estamos acostumados a encontrar nos alimentos. Esse bichinho de madeira vive melhor em um clima como o Europeu, sendo mais encontrado em Portugal.

As larvas desse bichinho costumam se desenvolver em fendas e rachaduras na madeira conífera, alimentando-se dessa madeira e fazendo buracos nela. Quando estão adultos, eles perfuram a madeira para chegar ao exterior, deixando assim alguns orifícios na superfície.

A presença desses bichinhos pode ser detectada através de pequenos montinhos de madeira em pó, que ficam semelhantes ao montinhos que as formigas costumam fazer na terra ao redor de casas de alvenaria.

A madeira quando tratada e com bom acabamento em verniz é muito mais resistente a esses bichinhos. A dica nesse caso é manter sempre os itens de madeira iluminados e arejados, pois a espécie se prolifera em ambientes secos e úmidos.

Comente abaixo!

Comente abaixo!



Compartilhar no Facebook

Compartilhar no Whatsapp




VEJA ESSE CONTEÚDO ESCOLHIDO PARA VOCÊ: