Compartilhar no Facebook

Compartilhar no Whatsapp




Venha conhecer as mil e uma utilidades do pinhão, um dos ingredientes mais importantes da cultura sulista!

História

O pinhão, também conhecido como a “semente das araucárias” é tido como um dos maiores símbolos não só da culinária paranaense como do estado como um todo. Ele é um alimento extremamente consumido na região sul e é uma excelente pedida durante o outono e inverno, onde suas receitas se encaixam perfeitamente! Inicialmente, o pinhão fazia parte da cultura indígena, visto que era alimento também de vários animais da região, mas logo foi incorporado pelos colonos.

O pinhão é extremamente versátil e pode ser utilizado de diferentes formas diferentes, sendo as mais populares o pinhão cozido ou assado. É uma semente com tantas utilidades que pode ser servida tanto como acompanhamento como em formato de bolos, doces e ensopados. Os meses de outono são os principais para uma boa colheita do pinhão, onde seu paladar é normalmente aplicado em receitas mais quentes para enfrentar o frio do inverno paranaense!

A plantação de pinhão também pode ser algo extremamente lucrativo, o que também favorece a comercialização desta semente tão rica nas regiões onde sua produção é favorecida pelo clima. Nas regiões de maior pobreza, a maior parte dos empregos e das fontes de renda durante muitos anos foi a exploração desse recurso natural, o que de certa forma auxiliou na disseminação da cultura do consumo do pinhão pelos estados do sul e seus países vizinhos, embora a versão das árvores brasileiras ainda sejam as mais populares e consumidas.

Apesar de calórico, o pinhão possui uma série de nutrientes e é uma pedida indispensável durante visitas a região sul, onde seu consumo costuma estar mais concentrado, possuindo papel cultural e identitário para as famílias tradicionais, em especial no Paraná.

Dicas

Como o pinhão pode ser facilmente utilizado em diversas receitas, vamos dar uma olhadinha em como deixá-lo pronto para ser inserido no prato que preferir, seja salgado ou doce!

  • Para preparar o pinhão, comece recolhendo as suas sementes e separando os pinhões: evite os pinhões verdes ou machucados, estamos a procura das melhores sementes para nossas receitas! Após esse processo, lave e corte as pontas do pinhão, selecionando apenas as sementes branca. Em seguida, ferva os pinhões em uma panela de pressão e escoe: pronto, agora basta descascar e servir!
  • Para descascá-lo, o ideal é a utilização de descascadores especiais. Mas caso não os tenha, sem problemas! Basta usar uma faca afiada para cortar os pinhões após o cozimento, retirando a polpa. Outra excelente dica é deixar as sementes durante alguns segundos no microondas, facilitando ainda mais o processo de descascá-lo!
  • A lista de benefícios do pinhão é enorme! Além de ser muito bom para matar a fome, é uma excelente fonte de ferro, cobre e outros sais minerais importantíssimos, como cálcio e fósforo. Ele tem um papel essencial em prevenir doenças cardíacas e é fonte de gorduras “boas”, as que sempre corremos atrás para diminuir o colesterol. Para fechar com chave de ouro, ainda é capaz de retardar o envelhecimento! Tá esperando o quê pra começar a servir pinhão na sua casa?

Comente abaixo!

Comente abaixo!



Compartilhar no Facebook

Compartilhar no Whatsapp




VEJA ESSE CONTEÚDO ESCOLHIDO PARA VOCÊ: