Compartilhar no Facebook

Compartilhar no Whatsapp




Marreco Recheado: confira tudo sobre essa elegante iguaria!

História

Não podemos deixar de lado os pratos típicos de Santa Catarina onde, com forte influência europeia, gerou-se uma miscigenação de sabores que deu luz a diversos pratos e acompanhamentos únicos, deliciosos e muito elegantes! E, por falar nisso, como ignorar um dos pratos mais pedidos da famosa feira da Oktoberfest, em Santa Catarina? É claro que estamos falando do Marreco Recheado com repolho e purê de maçã!!

Este prato de origem alemã (chamado Gefühlte Ente) foi trazido por imigrantes no último século e durante muitos anos ficou restrito às famílias de descendência alemã, não sendo muito difundido para outras regiões e nem visto como um prato típico ou tradicionalmente alemão. As colônias de imigrantes viviam isoladas e foi a partir do contato com outras colônias e culturas que este passou a ser visto como um prato “identitário”.

Um ponto marcante para a difusão desta receita ocorreu quando família de ascendência alemã alemã resolveram resgatar esta tradição e criar marrecos com o intuito direto de produzir esta iguaria tão única, sempre servida de repolho roxo refogado e um purê de maçã bem leve.

Esta receita passada de geração em geração se destaca pelo seu forte tempero, visto que é marinado por 24 horas, a maciez de sua carne e o contraste de sabor com sua guarnição, indispensável na versão tradicional desta receita. Com o passar dos anos, esta receita se popularizou ainda mais e pode ser encontrada também fora do sul do país, onde restaurantes especializados prometem entregar versões alternativas e ainda mais saborosas dessa iguaria. Mas não deixe isso te impedir de preparar um marreco tradicional em sua própria casa!

Apesar de não ser um prato simples de ser preparado, este é reconhecido como uma refeição de altíssima qualidade, sendo uma das principais pedidas em restaurantes tradicionais de Santa Catarina. Perfeito para comer com a família, acompanhado de um saboroso chopp: outra herança abençoada dos alemães para nossa riquíssima cultura nacional.

Dicas

  • Para manter a consistência adequada do marreco, procure recheá-lo apenas após moer todos os ingredientes em um processador.
  • O frio do sul nem sempre favorece um chopp. Não tem problema! Este prato é extremamente elegante e pode ser tranquilamente servido com vinho.
  • A escolha é do freguês! Você pode preparar a receita tanto com o marreco limpo ou ainda com miúdos. Desta forma você aproveita o que há de melhor para o seu sabor! Sinta-se livre para adicioanr novos ingredientes, como bacon, e experimentar a carne de outras aves na receita.
  • Procure alternar o Marreco com uma guarnição bem diferente! Invista no macarrão, saladas leves e até raízes: deixe a mistura de culturas e tradições ocorrer neste prato!
  • Asse a ave primeiro com o peido virado para cima! Desta forma você conseguirá atingir o ponto de forma mais fácil, sem medo de errar!
  • Não deixe de colocar o marreco para marinar no dia anterior com um molho previamente preparado e um copo de vinho branco. Não precisa se preocupar: o sabor do álcool vai se diluir e penetrar na carne, dando um toque essencial para o sucesso da receita.

Comente abaixo!

Comente abaixo!



Compartilhar no Facebook

Compartilhar no Whatsapp




VEJA ESSE CONTEÚDO ESCOLHIDO PARA VOCÊ: